FAQ – Perguntas Frequentes

  • Trata-se do percentual de cirurgias cesáreas e partos normais executados pelo plano de saúde, no ano anterior ao corrente

  • O parto é um momento muito importante na vida das mulheres e das pessoas que a cercam. Por isso, para que a gestante tenha mais tranquilidade nessa hora, a ANS introduziu alguns padrões a serem seguidos pelas operadoras de planos de saúde.

  • É um instrumento de acompanhamento da evolução do trabalho de parto e das condições maternas e do bebê. É um gráfico que integra o prontuário da paciente com o objetivo de auxiliar na condução do trabalho de parto. Com os registros, é possível acompanhar e documentar com detalhes todo o processo, fazendo uma análise precisa do andamento do trabalho de parto.

    O profissional responsável pode diagnosticar alterações, identificar se o processo está ocorrendo dentro dos padrões ou se há algum problema. Isso permite tomar as medidas cabíveis e as condutas apropriadas de modo mais eficiente e seguro.

    Cada parto é único, por isso algumas vezes pode não ser possível preencher o gráfico do partograma. Quando isso acontecer, o médico deverá entregar para a operadora um relatório que justifique a ausência do documento.

    O relatório médico também deverá ser entregue quando, por indicação clínica, o parto for realizado por meio de uma cesariana. O relatório substituirá o partograma e integrará o prontuário da paciente.

    Clique aqui para baixar o modelo de partograma.

  • O Cartão da Gestante deverá conter todos os dados da gestação e da gestante, tais como os medicamentos que faz uso, se é diabética, se tem hipertensão, resultados de exames, peso, altura entre outras informações. Esses dados serão muito importantes caso a mulher decida ou precise trocar de médico durante a gravidez.

    Clique aqui para baixar o cartão de gestante.

    Clique aqui para baixar a Carta de Informação à Gestante.

  • Na carta de informação à gestante, haverá informações sobre parto normal e cesárea para que sua escolha seja tomada de maneira tranquila e consciente. A carta é parte integrante do Cartão da Gestante.

  • A gestante tem direito de decidir como será seu parto. Dessa forma, quando a paciente optar por uma cesariana, deverá assinar um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido que deverá conter informações como as indicações e os riscos da cesariana de forma clara; a identificação completa do médico assistente e sua assinatura; e a identificação completa da paciente e sua assinatura.

Ficamos à disposição para quaisquer esclarecimentos por meio da Central Saúde CAIXA:

  • Telefone 24h, 7 dias por semana (ligação gratuita): 0800 095 6094
  • Fale Conosco: www.centralsaudecaixa.com.br/fale-conosco/
  • Atendimento On-line via Chat: www.centralsaudecaixa.com.br
  • WhatsApp (61) 99186-5878